Dicas Eficientes Para Gerar Mais Tráfego Para Seu Site

O tráfego (visitas) é o retorno mais importante que um site pode ter, porque é através dele que você consegue ter um post bem rankeado no Google, é através dele que você consegue vender (caso algo esteja à venda através do seu site), enfim, as visitas são a parte mais importante do lado externo do blog. Digo lado externo porque a parte mais importante do lado inteiro é o conteúdo de qualidade, que, consequentemente, irá atrair as visitas.

Como afirmei no artigo “Guia do Iniciante em SEO: Chapter 3 – por que SEO é importante?“, não adianta perder tempo criando um conteúdo esplêndido se ele não for popularizado, ou seja, compartilhado e comentado. Caso isso não aconteça, consequentemente, ele será ignorado pelos motores de busca.

Já que o conteúdo é a chave para a porta do sucesso, focaremos nele para atrair bastante visitas de qualidade.

Todos nós sabemos que, geralmente, a maior fonte de tráfego que os blogs tem é o Google, portanto, é muito importante conseguir uma boa posição nas principais buscas do seu nicho. O primeiro passo para conseguir visitas vindas do Google é identificar oportunidades de boas palavras-chave.

Use o Google Ads Keyword Tool para identificar boas palavras-chave

A Ferramenta de Palavras-chave do Google Ads é essencial para todo blogueiro. É uma ótima ferramenta para sabermos se a palavra-chave que estamos utilizando tem uma boa audiência. Ela nos dá várias opções além da que procuramos, possibilitando assim a utilização de keywords relacionadas.

Colocando em prática

Imaginemos que queremos escrever o artigo “Como ganhar dinheiro na Internet”, a palavra-chave é “dinheiro na internet”, portanto, vamos pesquisá-la na Ferramenta de Palavras-chave do Google Adwords.

Como podemos ver na imagem acima, a nossa palavra-chave aparece duas vezes, uma entre colchetes e outra solta. O termo exato aparece entre colchetes e é pesquisada 2.900 vezes por mês, já o termo amplo, que aparece sem colchetes, é pesquisado 201.000 vezes por mês. Ambos tem concorrência alta.

Especialistas fizeram uma pesquisa e estimaram que o primeiro resultado da busca tende a receber 18,2% do tráfego, portanto, basta fazermos as contas para termos uma SIMULAÇÃO do número de visitas que poderemos receber.

Utilizaremos a seguinte fórmula: Pesquisas locais mensais x 18,2% e teremos o resultado estimado.

E aí, está gostando do post? Então preencha o campo abaixo para receber o melhor conteúdo do blog gratuitamente em seu email.

201.000 x 18,2% = 36.582 visitas mensais.

Se quiser também pode investir em um Gerador de Palavras-chave bastante eficiente e que, provavelmente, vai ajudar muito na melhor indexação dos seus artigos.

Agora que já temos a palavra-chave definida e sabemos todo o poder dela, vamos ver os outros passos para escrever um artigo que atraia muito tráfego.

Escreva títulos SENSACIONAIS para atrair mais tráfego

O título é a primeira coisa que o leitor vê em seu artigo, portanto, se o título não for atraente e chamativo o bastante para atraí-lo, dificilmente ele irá ler aquele artigo.

Experts (especialistas) do ramo dizem que é recomendado utilizar a metade de todo o tempo que você disponibiliza para escrever o artigo só no título e a outra metade no corpo do post. Parece exagerado, mas invista tempo e raciocínio para criar um título SENSACIONAL que realmente faça com que o leitor tenha curiosidade de clicar para ler o seu artigo por completo.

Dicas para criar um título SENSACIONAL

  • Todas as palavras do título devem ter um objetivo, não coloque palavras apenas para preencher espaço;
  • Deixe visível o benefício, ou seja, o porque as pessoas devem ler o seu artigo e não o dos seus concorrentes;
  • Seja honesto e verdadeiro em suas palavras;

A palavra-chave deve estar presente no título, de maneira natural, de forma que não pareça que ela está presente ali única e exclusivamente por causa do SEO.
Se você não conseguiu entender bem as dicas acima, não se apavore! Vou tentar exemplificá-las abaixo:

Utilizarei o post “Criando artigos otimizados para o Google” como exemplo para que possamos entender de maneira mais clara as dicas que dei acima.

Deixe visível o benefício

O benefício está bem visível neste post, pois o título diz de forma clara que os artigos criados serão otimizados para alcançarem melhores posições no ranking do Google.

Seja honesto e verdadeiro em suas palavras

Se vocês lerem o post “Criando artigos otimizados para o Google“, verão que não falei nada a mais e nada a menos do que o necessário para criar artigos otimizados para o Google.

Palavra-chave no título de forma natural

A palavra-chave é “artigos otimizados“, no entanto, ela aparece de forma natural, o que não deixa que o leitor pense que o foco do artigo é o ranking dos motores de busca e não ele.

Espero que esta explicação extra tenha sanado suas dúvidas. Ao terminar de ler este post, caso ainda haja alguma dúvida, sinta-se à vontade para dizê-la através dos comentários.

Agora que aprendemos a escrever um título SENSACIONAL, vamos partir para o conteúdo.

Conteúdo de qualidade fideliza o tráfego

Não curto muito essa de “conteúdo memorável”, mas por quê? Simples. Porque sou diferente dos outros blogueiros que pensam primeiro em marketing para depois pensar em seus leitores. Geralmente essas pessoas fazem até bastante sucesso, talvez até mais que eu, porém, uma hora isso vai acabar, porque este tipo de coisa se encontra em qualquer site ou blog.

Um bom artigo é aquele que prende o leitor, que faz com que ele se sinta bem ao estar lendo, que esclareça suas dúvidas. É um aprendizado constante, você sempre estará aprendendo coisas novas, sejam elas regras ou palavras, expressões.

Escrever um artigo de qualidade pode parecer simples para muitos, para outros nem tanto. Vou passar algumas características que todo bom artigo deve ter consigo.

Seja objetivo em suas palavras

Esse ponto é bem importante, ser objetivo não quer dizer ser breve, mas quer dizer ir direto ao ponto, sem fichar “enchendo linguiça”. Muitos blogueiros gostam de escrever artigos muito extensos, esse mesmo que vocês estão lendo passou muito das mil palavras, porém, deve-se estar agregando conteúdo a todo momento e não somente apresentando um texto grande sem agregar nada.

Atente aos erros de grafia

Este é um erro muito comum que pessoa que se aventuram com a cara e a coragem na blogosfera costumam cometer. Você pode não ser um expert na Língua Portuguesa, eu mesmo não sou, mas deve saber as regras básicas para escrever um artigo no mínimo aceitável.

Atente à diferença dos porquês (por que, porque, por quê e porquê), a diferença do mas/mais, saiba que antes de P e B se usa M, e várias outras regrinhas básicas da nossa língua nativa.

Também é muito importante tomar cuidado com o uso excessivo de gírias, além de não deixar nosso artigo com uma cara profissional, algumas delas são derivadas de determinadas áreas de nosso país, portanto, pessoas de outras regiões podem não conseguir compreendê-las.

Opinião pessoal

Essa é uma das partes mais importantes para escrever um artigo de qualidade, mas nem sempre é possível.

Penso que se os leitores visitam nosso artigo, é porque querem saber o nosso ponto de vista sobre aquele determinado assunto. Não tenha medo, tenha uma opinião formada sobre aquele assunto e diga ela para seus visitantes sem receio. Por mais que não concordem com ela, vão reconhecer sua coragem e seu “pulso firme” e vão passar a confiar no que você escreve.

Lembre-se: seu blog é algo pessoal, se as pessoas quiserem ver notícia crua, elas vão para os principais motores da mídia, como o G1 e o R7. Mesmo que você queira passar uma notícia, coloque seu ponto de vista no meio dela.

Utilize imagens e vídeos

Utilizar imagens e vídeos para ilustrar um artigo é essencial! Costumo brincar que uma imagem vale mais que mil palavras e que um vídeo vale mais que mil imagens (risos!), mas toda brincadeira tem um fundo de verdade, não é mesmo?

Agora que vimos algumas dicas para se escrever um bom artigo, veremos algumas dicas para organizar o que escrevemos.

Títulos, subtítulos, parágrafos e alinhamento

Um artigo poderoso, que tem a capacidade de engajar o leitor e converter esta visita em dinheiro, tem que ser um artigo bem estruturado. Cuida com os textos corridos, procure sempre utilizar parágrafos e quebras de linha, estes intervalos são fundamentais para dar fim a uma ideia e preparar a mente do leitor para uma nova.

Atente para os níveis e cabeçalho (H1, H2… H6), use-os corretamente para organizar o seu texto, além de deixar seu blog com um jeito mais profissional e limpo, facilita a leitura e o entendimento do leitor.

Embora muitos digam que para os padrões de internet, deve-se utilizar o texto alinhado à esquerda, eu discordo! Penso que o alinhamento justificado proporciona uma leitura muito melhor, pois ele dá um certo espaçamento nas palavras, permitindo que se leia cada uma delas de forma eficiente. Fica a seu critério escolher o tipo de alinhamento do seu texto.

Invista bastante em SEO

SEO (Search Engine Optimization) é um assunto que está em alta aqui no Papo de Blogueiros, o conteúdo do “Guia do Iniciante em SEO” tem mexido bastante com esta área, portanto, abordaremos de forma bem interessante este assunto. Se você ainda não tem noção sobre esse assunto, recomendo a leitura do guia.

Simplificando de maneira bem simplificada (nossa, que frase!), o SEO não é nada mais, nada menos, que um grupo de técnicas para melhorar o posicionamento dos sites nos resultados orgânicos dos motores de busca. Darei algumas dicas para melhorar (eu disse melhorar, não estou prometendo o primeiro lugar) o SEO dos seus artigos.

Plugin para SEO

Levando em consideração que você utilize o WordPress para gerenciar seu site/blog (sim, o Blogger é uma mer**!), o uso do plugin WordPress SEO by Yoast é realmente essencial para você. Eu utilizava o All in One SEO Pack, não vou dizer que ele é ruim, mas depois que migrei para o Yoast, meus resultados melhoraram drasticamente.

Este plugin facilita bastante a prática do SEO, para ele basta 3 informações para que seu post seja otimizado: a palavra-chave em foco,o título e a meta-descrição. Veja a imagem abaixo:

Note que a palavra chave foi utilizada em ambos os campos, isso facilita que os robots dos motores de busca segmentem o seu post de acordo com a busca que o usuário fizer.

O legal deste plugin, além da sua eficiência, é que ele lhe ajuda a otimizar seus posts. Na aba “Análise de Página”, ele lista o que não está correto para que você possa corrigir. Também permite utilizar diferentes meta-descrições para as redes sociais na aba “Social”.

Links

Os links são partes muito relevantes para o seu rankeamento nos motores de busca, principalmente o Google. São divididos em dois, os links internos e os links externos. Como falei no post “Guia do Iniciante em SEO: Chapter 3 – por que SEO é importante?“, os motores de busca são movidos pela relevância e importância do seu post, os links são uma boa forma de conseguir isso.

Os links internos são os que você coloca dentro dos posts, menus etc. para direcionar o usuário a uma outra página deste mesmo site. Como fiz no parágrafo acima, citando conteúdo relativo a esse assunto dentro de um outro artigo do Papo de Blogueiros.

Os links externos são os mais difíceis de se conseguir, já que os criadores de conteúdo de outros sites devem ter a boa vontade e a lealdade de citar o seu site nos posts que criarem à partir de um conteúdo encontrado no seu site.

Se quiser ampliar seus conhecimentos em SEO você pode acompanhar o “Guia do Iniciante em SEO” e também dar uma olhada na excelente palestra do guru Guga Alves sobre o assunto.

Divulgue da maneira correta nos lugares corretos

Agora que já temos o nosso conteúdo criado e otimizado, chegou a hora de divulgá-lo para receber nosso tão sonhado aumento no tráfego. Esta é uma parte não tão fácil quanto se pensa, porque copiar o link do post e sair colando por tudo quanto é lugar pode prejudicar a índole do seu site (pegar fama de mendigo de views) e mais grave, pode ser considerado SPAM pelos crawlers dos motores de busca.

Redes sociais

Não há como negar, todos nós temos conta ativa em pelo menos uma rede social, geralmente o Facebook. Mas um site deve ter uma presença nas principais redes sociais, seja um perfil ou uma página de fans.

Ali estarão pessoas que estão à procura do assunto que você aborda, porque só segue o seu perfil no Twitter ou só curte a sua fanpage no Facebook quem está realmente interessado em receber informação sobre seu nicho de mercado.

Portanto, invista nessas mídia sociais, converse e interaja com seu público, faça-os confiar em você e com certeza todo esse trabalho será recompensado em forma de tráfego, compartilhamentos, recomendações etc.

Fóruns

Uma das maiores fontes de tráfego são os fóruns, lá estão pessoas relacionadas a um determinado nicho, portanto, conseguir não só visitas, mas visita de qualidade, de um fórum é bem menos sacrificante do que de outro meios. Se uma pessoa abriu um tópico no fórum com uma dúvida que você tenha a responda, por que não aproveitar essa fonte de tráfego? Vou explicar melhor:

Joãozinho criou um tópico assim: “Gente, pelo amor de Deus, qual a diferença entre design gráfico e web design?”. Você pode, perfeitamente, respondê-lo desta forma: “Olá, Joãozinho! Escrevi um post no meu blog onde falo justamente sobre isso, creio que vá lhe ajudar, dê uma olhada > papodeblogueiros.com/o-que-e-design-grafico-e-web-design“.

Isso também vale para os grupos do Facebook. Porém, só poste link nos grupos caso acontecer igual no exemplo acima, divulgar artigos só por divulgar geralmente não é permitido nestes grupos.

Conclusão

Uma dica final é: comente em outros blogs, geralmente a URL que você põe no campo dos comentários é adicionada ao seu nome no comentário, isso ajuda muito a gerar tráfego de qualidade.

Espero que tenham gostado deste post, pois é o novo formato que estou implementando à partir de hoje aqui no blog. Artigos longos e com uma gama de conhecimento para quem realmente estiver interessado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *